• fonte-blogueira

    Quem trabalha com internet (blog, redes sociais, etc), com certeza já ouviu muito essa pergunta, de amigos e familiares: Você trabalha com o quê mesmo? ou então Como que tu ganha com um blog/rede social?

    Infelizmente, nossa profissão ainda não é muito aceita e valorizada pela maioria das pessoas. Quando escutam falar em blog, imaginam um diário virtual, é como pensar que um diário normal (esses caderninhos onde o pessoal fala da sua vida) pode dar dinheiro para alguém. Agora, imagina se esse diário fosse visto por centenas ou milhares de pessoas, e se essas pessoas se inspirassem no dono desse diário? Isso chamaria a atenção de empresas que se identificassem com o assunto tratado no diário, visando se beneficiarem e venderem seus produtos para esses leitores. Essas empresas então, alugariam um espaço no diário, que poderia ser pago com um valor fixo, combinado mensalmente, ou por clique/acesso que obtivesse, ou ainda por número de visualizações apenas. Enfim, um site/blog funciona dessa forma. Vários espaços, desde os mais visíveis (normalmente mais no topo) até os menos visíveis, podem ser monetizados, vendidos, alugados.

    vida de programador

    Outra questão que muito escuto: Nossa, tu não sai do computador (alegando que eu estou brincando ou passando o tempo), ou então É uma barbada essa tua profissão, dorme e acorda a hora que quer, trabalha de pijama, pode trabalhar em qualquer lugar… Bom, tudo isso (ou quase tudo) é verdade. Sim, acordamos e dormimos a hora que queremos, normalmente, passamos a madrugada em claro (pelo menos para mim, é a hora em que estou mais inspirada). Sim, acordamos tarde, mas no fim das contas, dormimos a mesma quantidade de horas das pessoas normais (as vezes até menos). Devo admitir, AMO poder trabalhar de pijama, é o melhor uniforme de trabalho do mundo, e poder trabalhar onde quiser é uma meia verdade, pois, para um blogueiro, um simples notebook não basta, já que normalmente utilizamos programas pesados, abrimos mil janelas no navegador e precisamos de uma internet relativamente rápida, o que normalmente é a parte mais difícil de conseguir, ainda mais no Brasil. Ou seja, precisamos de certas exigências, assim como os trabalhadores normais, afinal, é o nosso instrumento de trabalho. A parte do Nossa, tu não sai do computador é a mais chata de ouvir. As pessoas acham que, só porque estamos no computador, tablet ou celular, estamos batendo papo ou fazendo qualquer coisa que não seja produtiva, o que no nosso mundo não é verdade. Todo o momento que passamos conectados, podem ter certeza de que é útil de alguma forma. Nesse mundo web, as relações com outros blogueiros, anunciantes e leitores são MUITO IMPORTANTES. Precisamos estar sempre ligados a tudo, até assistir ao Big Brother Brasil se torna importante, por incrível que pareça!

    Blogueiro

    Por fim, outro ponto importante, que a maioria não acredita: Ser Blogueiro não tem futuro, não é uma profissão estável. Outro erro gigantesco. Se pegarmos os últimos 10 anos, o que mais cresceu nos últimos tempos? Internet, computadores, tablets, smartphones… A vida está cada vez mais moderna e conectada, pessoas estão atrás de informações, estão cada vez mais querendo ler e criar conteúdo, e é ai que entramos. Proporcionar um conteúdo bom e sempre atualizado não é tarefa fácil, precisamos nos destacar em meio a centenas de novos sites e blogs que surgem todos os dias. Quem se destaca, sai na frente. E sim, tem espaço para todos.

    No próximo post, falarei um pouco mais sobre as formas principais para monetizar um blog.

    Espero que tenham gostado, não deixem de divulgar para os seus amigos, e de comentarem: Como é a Vida de Blogueiro para vocês?!

    tags:

    Nanda

    Blogueira, Colorada, Gaúcha, Noiva e Publicitária, não necessariamente nessa mesma ordem. Mora em Porto Alegre a sua vida toda (26 anos). Faz faculdade de Publicidade e Propaganda no IPA, desde 2011. Criou o blog de humor Arreganho, em agosto de 2008. Um ano depois, lançou o Agregador À Toa na Net. Atualmente, administra o blog Youtoba também e a fanpage Piadas Chuck Norris. Criou o blog Profissão Blogueiro (a) para divulgar um pouco mais o seu trabalho e juntar todas as dicas que costuma dar diariamente para familiares e amigos que querem dar certo com blogs.

  • Comentários Comentários via Facebook.
    Esteja logado lá antes de comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor.

    Seus amigos já curtiram!

TOPO