• Uma pesquisa realizada pela Dell e Intel concluiu que, cerca de 56% dos brasileiros empregados, trabalham, pelo menos em algum momento, de casa. O índice fica abaixo dos demais países emergentes – onde essa porcentagem é de 68% – e acima dos 31% nos mercados desenvolvidos.

    Mais da metade dos brasileiros trabalha de casa

    Outro dado que chamou bastante atenção foi que, 75% dos profissionais brasileiros checam o e-mail corporativo fora do horário de expediente e 59% fazem chamadas telefônicas profissionais após o horário de trabalho.

    “Esse estudo confirma a percepção de que o brasileiro é um profissional bastante conectado ao trabalho e que valoriza a flexibilidade de horário e local para executar suas tarefas”
    , afirma Luis Gonçalves, presidente da Dell Brasil.

    Olha nós ai… =D

  • O Social Media Day é um evento pioneiro promovido pelo Jogo de Damas. É um evento focado nas mulheres que curtem e trabalham com tecnologia e mídias sociais. Lançada em 2010, tem como objetivo reconhecer e divulgar a revolução digital que acontece pelo mundo. Já aconteceu em diversos países, como Austrália e Filipinas, e agora ganha edição em Porto Alegre, nesta quarta-feira (sorte a nossa). Conheça um pouco mais sobre o evento e fique ligado no final do post que sortearemos alguns ingressos.

    Social Media Day debate tendências digitais em evento focado nas mulheres

    Quem vem?
    Francine Grando – especialista em mídias digitais e fundadora da fanpage “O que queremos?”
    Luísa Potrich – Verdade Feminina
    Gabi Chanas – especialista em estratégias digitais, blogueira e ex-editora no Donna
    Lela Zaniol – fundadora do Desteperados – multiplataforma de conteúdo sobre gastronomia.
    Carol Andreis – sócia-fundadora da Babushka
    Celina Spolaor – Blogueira – ATL Girls – Atlântida
    Greta Paz – Sócia-fundadora da MPQuatro – focada em produção de vídeo para Youtube
    Gabi Casartelli – Sócia-proprietária da “AImaculada – Moda e Conteúdo”
    Clarissa Passos – Redatora do BuzzFeed Brasil
    Viviane Duarte – Jornalista, especialista em marketing e conteúdo
    Gina Gotthilf – Diretora de comunicação, marketing e parcerias do Duolingo

    Quando e Onde?
    Social Media Day Porto Alegre – Serious Business. Acabou a zoeira!
    Quarta-feira, 30/07
    Horário: à partir das 18h
    Local: Opus One Business Center – Carlos Gomes, 222. Porto Alegre
    Valor: R$ 100,00 (antecipado) e R$ 150,00 (na hora)
    Inscrições: via site

    Confira a programação e mais informações no site do evento

  • Pode até parecer mentira ou brincadeira, mas é a mais pura verdade. SIM, um blogueiro (a) pode ganhar R$ 90 mil por mês ou mais.

    É possível um blogueiro (a) ganhar R$ 90 mil por mês? SIM!

    Muita gente acha que, para ganhar R$ 90 mil por mês é preciso muito estudo, ter um pós-doutorado, ser promovido muitas vezes na vida, abrir a própria empresa. Tudo isso pode sim, trazer R$ 90 mil por mês ou mais, porém, uma adolescente de apenas 18 anos chegou lá sem nenhuma dessas alternativas acima. Bethany Mota tem 18 anos e ganha dinheiro (e muito) fazendo vídeos na Internet sobre compras e beleza.

    É possível um blogueiro (a) ganhar R$ 90 mil por mês? SIM!

    Bethany mora na Califórnia e diz que já sofreu bullying online, mas desde que começou a publicar os vídeos na internet (quando tinha 13 anos), passou para a panelinha das populares. Atualmente a jovem conta com mais de 2 milhões de seguidores no Instagram e 5 milhões de inscritos no YouTube. Nada mal, hein…

    E para quem não sabe, o que Bethany faz tem um nome especial: haul video, que consiste em filmagens que garotas (ou garotos) fazem, sentadas sobre uma cama, mostrando e falando sobre as coisas que compraram e como fazem a própria maquiagem. Parece simples demais, mas é justamente o que faz a jovem ter tantos fãs e faturar alto em anúncios no YouTube e anunciantes.

    bethany2

    Bethany já lançou até a própria linha de roupas e acessórios em parceria com a marca Aeropostale e, recentemente, uma turnê por lojas que atrai milhares de fãs e causa tumulto nas ruas com garotas acampadas. Aparentemente, o sucesso acontece porque a jovem é uma versão mais acessível do que muitas adolescentes comuns desejam ser. Uma fã de 12 anos explicou ao jornal americano The Salt: “amo ela porque ela é uma versão melhorada de mim”.

    Viu só blogueiros (as), existe uma luz no fim do túnel, não desistam…hehehe

  • Um problema que muitos blogueiros passam sempre, são usuários reclamando de publieditoriais. Antes de continuar, vamos explicar o que significa o termo “publieditorial”:

    Então você não gosta de publieditoriais?

    Publieditorial: É o chamado “post pago”. São posts feitos para anunciar/divulgar/vender algum produto ou serviço. Normalmente eles são contratados por agências que escolhem determinados blogs que se encaixam no “nicho” do produto a ser anunciado, para veicularem este tipo de post. Os blogs são escolhidos pelo número de visitas, temas, tempo de permanência de leitores no blog, etc…

    leia mais

  • fonte-blogueira

    Quem trabalha com internet (blog, redes sociais, etc), com certeza já ouviu muito essa pergunta, de amigos e familiares: Você trabalha com o quê mesmo? ou então Como que tu ganha com um blog/rede social?

    Infelizmente, nossa profissão ainda não é muito aceita e valorizada pela maioria das pessoas. Quando escutam falar em blog, imaginam um diário virtual, é como pensar que um diário normal (esses caderninhos onde o pessoal fala da sua vida) pode dar dinheiro para alguém. Agora, imagina se esse diário fosse visto por centenas ou milhares de pessoas, e se essas pessoas se inspirassem no dono desse diário? Isso chamaria a atenção de empresas que se identificassem com o assunto tratado no diário, visando se beneficiarem e venderem seus produtos para esses leitores. Essas empresas então, alugariam um espaço no diário, que poderia ser pago com um valor fixo, combinado mensalmente, ou por clique/acesso que obtivesse, ou ainda por número de visualizações apenas. Enfim, um site/blog funciona dessa forma. Vários espaços, desde os mais visíveis (normalmente mais no topo) até os menos visíveis, podem ser monetizados, vendidos, alugados.

    vida de programador

    Outra questão que muito escuto: Nossa, tu não sai do computador (alegando que eu estou brincando ou passando o tempo), ou então É uma barbada essa tua profissão, dorme e acorda a hora que quer, trabalha de pijama, pode trabalhar em qualquer lugar… Bom, tudo isso (ou quase tudo) é verdade. Sim, acordamos e dormimos a hora que queremos, normalmente, passamos a madrugada em claro (pelo menos para mim, é a hora em que estou mais inspirada). Sim, acordamos tarde, mas no fim das contas, dormimos a mesma quantidade de horas das pessoas normais (as vezes até menos). Devo admitir, AMO poder trabalhar de pijama, é o melhor uniforme de trabalho do mundo, e poder trabalhar onde quiser é uma meia verdade, pois, para um blogueiro, um simples notebook não basta, já que normalmente utilizamos programas pesados, abrimos mil janelas no navegador e precisamos de uma internet relativamente rápida, o que normalmente é a parte mais difícil de conseguir, ainda mais no Brasil. Ou seja, precisamos de certas exigências, assim como os trabalhadores normais, afinal, é o nosso instrumento de trabalho. A parte do Nossa, tu não sai do computador é a mais chata de ouvir. As pessoas acham que, só porque estamos no computador, tablet ou celular, estamos batendo papo ou fazendo qualquer coisa que não seja produtiva, o que no nosso mundo não é verdade. Todo o momento que passamos conectados, podem ter certeza de que é útil de alguma forma. Nesse mundo web, as relações com outros blogueiros, anunciantes e leitores são MUITO IMPORTANTES. Precisamos estar sempre ligados a tudo, até assistir ao Big Brother Brasil se torna importante, por incrível que pareça!

    Blogueiro

    Por fim, outro ponto importante, que a maioria não acredita: Ser Blogueiro não tem futuro, não é uma profissão estável. Outro erro gigantesco. Se pegarmos os últimos 10 anos, o que mais cresceu nos últimos tempos? Internet, computadores, tablets, smartphones… A vida está cada vez mais moderna e conectada, pessoas estão atrás de informações, estão cada vez mais querendo ler e criar conteúdo, e é ai que entramos. Proporcionar um conteúdo bom e sempre atualizado não é tarefa fácil, precisamos nos destacar em meio a centenas de novos sites e blogs que surgem todos os dias. Quem se destaca, sai na frente. E sim, tem espaço para todos.

    No próximo post, falarei um pouco mais sobre as formas principais para monetizar um blog.

    Espero que tenham gostado, não deixem de divulgar para os seus amigos, e de comentarem: Como é a Vida de Blogueiro para vocês?!

TOPO